ACIBr recebe secretário Luciano Buligon e demais autoridades

ACIBr recebe secretário Luciano Buligon e demais autoridades

ACIBr recebe secretário Luciano Buligon e demais autoridades ACIBr recebe secretário Luciano Buligon e demais autoridades

Centro de Inovação Tecnológica e Barragem de Botuverá foram os principais assuntos discutidos no encontro

 

O secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, e o chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, David Busarello, foram os convidados de uma reunião com lideranças empresariais, que ocorreu na noite desta segunda-feira, 8 de novembro, na Associação Empresarial de Brusque, Guabiruba e Botuverá (ACIBr). O evento registrou ainda as presenças do deputado federal, Darci de Matos; dos deputados estaduais Ana Paula da Silva (Paulinha) e Jerry Comper; dos prefeitos de Brusque, Ari Vequi; de Guabiruba, Valmir Zirke; e de Botuverá, Alcir Merísio; do vice-prefeito de Brusque, Pastor Gilmar Doerner; do presidente da Câmara de Brusque, Alessandro Simas; dos vereadores André Vequi e Deivis Junior; além de secretários municipais, demais lideranças políticas, como o ex-prefeito de Botuverá, Nene Colombi, dos presidentes que integram o Conselho das Entidades e da diretoria da ACIBr.

“Foi uma reunião bastante prestigiada, para entender como está o processo de conclusão do Centro de Inovação Tecnológica e o andamento burocrático da Barragem de Botuverá. Saímos satisfeitos com as informações apresentadas e nos colocamos à disposição para contribuir com estes e demais projetos que fomentem o desenvolvimento social e econômico da região”, afirma a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti.

Segundo ela, é importante enfatizar a organização de Santa Catarina, com ênfase no Vale do Itajaí, que atravessou os momentos mais críticos da Covid-19, priorizando as ações de contenção à doença e preservando seus postos de trabalho. “Mantemos o pleno emprego pela boa gestão empresarial. Mas acredito que precisamos evoluir em infraestrutura, com melhorias na Rodovia Ivo Silveira, Antônio Heil, nas alças de acesso com a BR-101. Guabiruba acabou de anunciar um possível acesso entre Gaspar e Blumenau. Isso fomenta a economia”, observa.

 

Centro de Inovação Tecnológica

O secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, disse que o Centro de Inovação Tecnológica de Brusque passou por alguns percalços e que, neste momento, já mantém a decisão judicial que autoriza o Estado a fazer nova licitação. “Peço desculpas pelo atraso, foram muitos erros no decorrer do processo. Como a empresa não teve sustentação econômica, chegamos à rescisão de contrato. Vamos licitar esta finalização e prestar contas ao prefeito, à universidade e aos empresários. A expectativa é que façamos a entrega da obra em dezembro de 2022”, projeta o secretário.

Buligon ainda falou sobre a economia catarinense, depois da chegada da pandemia. “Mostramos resiliência, com o nível de letalidade mais baixo do país. Cuidamos da saúde financeira, do salário e do emprego, que são importantes para manter a saúde mental das pessoas. Das 75 mil vagas de emprego abertas no Brasil em 2020, 48 mil eram catarinenses. Este ano já são quase 250 mil novos postos de trabalho. O nosso PIB é de 9,1%, enquanto a média nacional é de 1,8%”, revela, citando que o Estado agora prioriza novos investimentos na área de infraestrutura, energia, ensino e inovação.

 

Barragem de Botuverá

O chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, David Busarello, mencionou o comprometimento do governador, Carlos Moisés, em construir a Barragem de Botuverá, cujos custos estimados são de R$ 165 milhões.

“Nas próximas semanas, quem sabe ainda este mês, vamos assinar o edital de licitação e, no primeiro semestre de 2022, a ordem de serviço. Já temos a Licença Ambiental Prévia e entregamos toda a documentação ao Instituto do Meio Ambiente (IMA). Estamos na iminência de receber a Licença Ambiental de Instalação, que permitirá a execução da obra”, afirma Busarello.

O deputado federal, Darci de Matos, é relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde o projeto da Barragem de Botuverá tramita. “Protocolei o relatório e vamos alcançar o consenso. É um projeto sem implicação ambiental, que vai prevenir os impactos das enchentes e, no futuro, abastecer com água potável o Vale do Itajaí. Agora o projeto segue para a comissão do Senado”, detalha.

O deputado estadual, Jerry Comper, diz que nesta próxima etapa em Brasília, já houve uma conversa com o senador Dário Berger, para que o processo tramite rapidamente. “O governador está propenso a aportar quase R$ 170 milhões nesta obra, que não previne apenas as cheias, mas servirá como fonte hídrica e de geração de energia no futuro. Os deputados federais e senadores estão engajados e acredito que a obra será licitada ainda este ano”, pontua Comper.

O mesmo posicionamento foi mantido pela deputada estadual, Ana Paula da Silva. “Vim assegurar que o governador está disposto a investir na obra, que segue seus trâmites administrativos, gerenciados com competência pelo chefe da Defesa Civil”, reitera.

 

Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

  • Compartilhar:

Posts relacionados

O que você procura em nosso site?

Whatsapp