Núcleo de Fabricantes de Toalhas é finalista de prêmio nacional

Núcleo de Fabricantes de Toalhas é finalista de prêmio nacional

Núcleo de Fabricantes de Toalhas é finalista de prêmio nacional Núcleo de Fabricantes de Toalhas é finalista de prêmio nacional

Único representante de Santa Catarina na final do Prêmio Empreender 2021, projeto concorre com iniciativas do Paraná e São Paulo

 

O Núcleo de Fabricantes de Toalhas (NFTEX), da Associação Empresarial de Brusque, é finalista do Prêmio Empreender 2021, que reconhece e celebra as melhores práticas do programa Empreender Competitivo (edição 2017-2021). A notícia foi divulgada nesta segunda-feira, 19 de julho, pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que realiza o projeto em parceria com Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). Também são finalistas o Conselho Nacional da Empresária (São Paulo) e a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná.

“Foi com grande satisfação que recebemos esta notícia, de ser a única cidade de Santa Catarina finalista de um prêmio nacional. Isso se deve ao trabalho do Núcleo de Fabricantes de Toalhas que, a partir de um planejamento estratégico, iniciado em 2017, traçou uma direção clara de onde pretendia chegar em cinco anos. Foram viagens internacionais para conhecer novas tecnologias e mercados, missões empresariais no Brasil em busca de bons fornecedores e palestras sobre gestão e liderança. Tudo isso culminou no lançamento da marca coletiva “Vale das Toalhas”, em meio à pandemia da Covid-19. É, certamente, um exemplo importante de um grupo de empresários que se transformou e evoluiu, inspirado pelo fomento da economia e geração de novos empregos”, enaltece a presidente da Associação Empresarial de Brusque, Guabiruba e Botuverá, Rita Cassia Conti.

Para o coordenador do NFTEX, Taciano Pettermann, estar entre os finalistas do Prêmio Empreender é uma honra. “A marca coletiva ‘Vale das Toalhas’ leva a tradição da indústria têxtil de Santa Catarina para todo o Brasil. O objetivo é criar uma referência de compra para distribuidores e clientes do país, que buscam toalhas de qualidade, com preços competitivos. Nossos produtos têm como compromisso o respeito ao meio ambiente e não fazem uso de mão de obra infantil e ou escrava”, detalha o coordenador.

Segundo o presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves, o Núcleo traduz na prática o que é o associativismo. “Quando vemos uma iniciativa como esta ser reconhecida é sinal que o Programa que nasceu em Santa Catarina e tem uma metodologia que estimula a competitividade empresarial através dos núcleos empresariais dá certo”.

O Programa Empreender é praticado há quase 30 anos pela Facisc e tem apoiado quase 9 mil empresas, em mais de 90 cidades, organizadas em mais de 500 núcleos empresariais em 56 segmentos de atuação. O Programa Empreender acontece em toda Santa Catarina, operacionalizado pelas associações empresariais do Sistema Facisc, com apoio do Sebrae/SC.

 

“Inovar e empreender com toalhas”

Este é o nome do projeto inscrito pelo NFTEX junto ao programa Empreender Competitivo, tendo como proponente a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). Nele estavam previstas ações para fortalecimento do setor, vislumbrando a criação de uma identidade regional, reconhecida nacionalmente.

Entre junho de 2018 e agosto de 2019 aconteceu o processo de criação e registro da marca “Vale das Toalhas”. Neste período também foram traçados critérios técnicos para a obtenção do selo, sobretudo relacionados à qualidade e responsabilidade de produção, o que culminou na modernização de processos e na replicação de boas práticas empresariais, sociais e ambientais.

Os gestores passaram por um treinamento de educação executiva com foco em liderança, entre novembro de 2018 e abril de 2019. A formação foi dividida em cinco módulos, com conteúdo teórico apresentado em sala de aula e atividades práticas nas empresas.

Em junho de 2019, o NFTEX participou da maior feira de maquinários têxteis do mundo, a ITMA, em Barcelona, na Espanha. A partir do conhecimento da modernização do mercado, foi possível elencar novos fornecedores e adquirir equipamentos de ponta que impulsionaram a produção local. Ao todo, foram investidos R$ 49 milhões nestas aquisições.

Ainda em 2018, o NFTEX conseguiu mapear a cadeia de valores do setor, a partir de uma consultoria empresarial, e realizou uma missão técnica nacional, visitando produtores e fornecedores nas regiões centro-oeste e nordeste.

Por conta da pandemia da Covid-19, o lançamento da marca coletiva precisou ser adiado para 2021, mas fez jus a todo o conhecimento e investimento que o antecedeu. O valor total do projeto foi pouco mais de R$ 350 mil, com o aporte financeiro do Sebrae em 55%. Este foi o maior projeto aprovado no Brasil em termos de valores.

 

Premiação

A solenidade virtual de premiação do Empreender 2021 está marcada para o dia 4 de agosto, quando as entidades proponentes terão a oportunidade de apresentar os resultados obtidos com o Empreender Competitivo. O vencedor do prêmio será definido por dois critérios: o voto do público e uma banca de avaliação, formada por pessoas vinculadas ao governo, à CACB, ao Sebrae e parceiros.

O voto do público ajudará a definir o vencedor deste ano e, para participar é necessário se cadastrar antecipadamente no endereço eletrônico https://doity.com.br/premioempreender2021.

 

Imagem Imagem

  • Compartilhar:

Posts relacionados

O que você procura em nosso site?

Whatsapp